Filmes do mês #1

filmes de março

Continuar lendo

Anúncios

Whiplash: sangue, suor, lágrimas e baquetas

Whiplash 4

Esse texto tem spoilers.

Ontem assisti ao que considero um dos melhores filmes de 2014: Whiplash.

Seu aspecto mais comentado, a atuação de J. K. Simmons, é apenas uma das boas qualidades desse filme conciso e preciso, roteirizado e dirigido pelo inexperiente e jovem Damien Chazelle. Em seu currículo, a música e os músicos são uma constante, a começar pelo curta-metragem homônimo que deu origem ao filme em questão, de 2013. Seu primeiro longa, que além de ter dirigido também roteirizou, Guy and Madeline in a Park Bench (2009), tem como protagonista um trompetista de jazz. E ele também assina o roteiro de Grand Piano (Toque de Mestre, 2013), filme que conta a história de um pianista com medo de palco.

Se sua carreira está apenas começando, ele certamente já encontrou um denominador comum. Mesmo não tendo assistido aos seus outros filmes (assisti apenas a Grand Piano, que acho bastante interessante), julgo por Whiplash, o longa, que enquanto esse tema não se exaurir, ele saberá fazer bom uso dele. Fiquei surpresa ao saber que o diretor tem menos de trinta anos e que este é apenas o segundo longa que dirige, porque simplesmente não consigo criticar nenhum aspecto de seu trabalho. Continuar lendo