Filmes do mês #25: uma seleção eclética

filmes do mês 24

Para compensar a correria que foi fevereiro, na preparação para o Oscar, decidi pegar mais leve em março, e o resultado foi um total de dez filmes, entre resquícios do Oscar, blockbusters que eu havia perdido, revisões de filmes que amei em 2016 e uns pinçados aqui e acolá. A lista está, como sempre, dividida entre os melhores e os piores, todos os filmes estão classificados entre bola preta (péssimo) e cinco estrelas (excelente) e os filmes disponíveis na Netflix estão sinalizados. Para ver aos trailers é só clicar nos títulos. Bons filmes! Continuar lendo

Anúncios

Filmes do mês #24: filmes do Oscar e mais

FDM 24

Os preparativos para o Oscar me fizeram atingir um recorde nesse blog. Foram 18 filmes em 28 dias, e olha que não deixei de lado duas séries que comecei a acompanhar no mês passado. Não consegui assistir a todos os filmes concorrentes, e para elaborar a minha lista de favoritos lancei mão de muita pesquisa, um tanto de intuição e o bom e velho chutômetro. Até que não me saí mal: foram 16 acertos de 24. E aí o FILMES DO MÊS desse mês está recheado de filmaços que vocês não devem perder. Comentem se concordam comigo? Continuar lendo

Filmes do mês #23: um mês esquizofrênico

fdm-23-1

Sentei para fazer a lista de filmes de janeiro e fiquei chocada com a quantidade de filmes assistidos. Em dezembro também foram poucos filmes, e a verdade é que a vida anda corrida demais para filmes e estressante o suficiente para pedir coisas mais rápidas e leves. Assistimos a muitas séries nos últimos meses, e talvez seja uma boa ideia começar a falar mais sobre elas por aqui. O que acham? No meio tempo, sigo com a tradição e falo sobre os filmes que vi nas últimas semanas. Como vocês já viram pela imagem acima, foi um mês quase esquizofrênico. De um lado, filmes densos como Animais Noturnos e The Autopsy of Jane Doe. Do outro, comédias leves – rasas até, eu diria. E o veredito está aí embaixo, é só continuar lendo! Continuar lendo

Os melhores filmes de 2016

melhores-filmes-2016

Para quem não sabe, até 2013 eu tinha um blog só de listas. As listas passeavam pelos mais diversos assuntos, mas eu acabava falando muito sobre cinema por causa da minha formação e porque cinema sempre foi uma das minhas grandes paixões, desde o meu primeiro contato com uma telona – eu tinha cinco anos e meu pai, que nunca saía sozinho comigo, me levou para ver Pinóquio. Estranhamente, é a primeira vez que publico uma lista nesse blog. Acho que de tanto criá-las, acabou a inspiração e nunca mais quis fazer uma lista que não fosse minimamente criativa. Acontece que fazer listas é um hobby que cultivo há muito anos, e por isso decidi voltar a praticá-lo. Vai virar uma série nova por aqui, então fique ligado! E, enquanto isso, dê uma olhada na lista que fiz com os 15 melhores filmes de 2016 e me diga se concorda ou não!
Continuar lendo

Filmes do mês #21: maratona Harry Potter, terror coreano, a ficção científica do ano e a melhor comédia high school dos últimos tempos

fdm-21

Novembro foi um bom mês para os filmes, e dos catorze a que assisti, considerei apenas um ruim de doer. No cinema, vi a comentada ficção científica A Chegada e o relevante drama O Nascimento de uma Nação. Na Netflix, fiz bons achados, como a comédia high school DUFF: Você Conhece, Tem ou É. O Popcorn Time nos proporcionou o excelente terror coreano Invasão Zumbi e a mais nova animação da Pixar, Procurando Dory. E teve maratona Harry Potter, com os quatro últimos filmes da série, até então inéditos para mim. Pode acreditar.  Continuar lendo

Filmes do mês #20: animação para adultos, terror gore, documentário sobre crime e mais

fdm-20

Em outubro fiz a cobertura da Mostra (vocês podem ler minhas críticas aqui), e por isso não sobrou muito tempo para outros filmes. Foram nove filmes, dentre eles a animação escrachada e impiedosa Festa da Salsicha, o terror gore turco Baskin, o documentário da Netflix sobre a infame Amanda Knox, acusada e condenada por assassinato, o primeiro longa metragem de Tom Ford, Direito de Amar, um drama sobre um homem homossexual que lida com o preconceito nos anos 60, a revisão de uma comédia dramática de Alexander Payne – e um dos meus filmes favoritos -, Sideways e mais. Continuar lendo

Diário da Mostra: Dia 14 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-14

E 37 filmes depois, a Mostra chega ao fim, para mim. A Repescagem desse ano foi bem pior que a do ano passado, e meu último dia infelizmente me apresentou ao pior filme da Mostra. Mostra é assim, né, gente? E num misto de alívio e saudade antecipada, eu os deixo com as críticas de Gurumbé – Canções de Sua Memória Negra e Trem da Alegria – Arte, Futebol e Ofício.

Continuar lendo