Master of None: a segunda temporada é ainda melhor que a primeira

master of none segunda temporada

TEXTO ORIGINALMENTE PUBLICADO NO CANAL CLAQUETE.


A segunda temporada de “Master of None” estreou completa na Netflix há pouco mais de uma semana, depois de um hiato de um ano e meio. A comédia dramática – com boas doses de romance – é criação de Aziz Ansari, que também interpreta o protagonista Dev, e Alan Yang, um dos roteiristas de “Parks & Recreation”, série pela qual Aziz ficou conhecido pelo grande público.

Continuar lendo

Anúncios

Filmes do mês #25: uma seleção eclética

filmes do mês 24

Para compensar a correria que foi fevereiro, na preparação para o Oscar, decidi pegar mais leve em março, e o resultado foi um total de dez filmes, entre resquícios do Oscar, blockbusters que eu havia perdido, revisões de filmes que amei em 2016 e uns pinçados aqui e acolá. A lista está, como sempre, dividida entre os melhores e os piores, todos os filmes estão classificados entre bola preta (péssimo) e cinco estrelas (excelente) e os filmes disponíveis na Netflix estão sinalizados. Para ver aos trailers é só clicar nos títulos. Bons filmes! Continuar lendo

Filmes do mês #23: um mês esquizofrênico

fdm-23-1

Sentei para fazer a lista de filmes de janeiro e fiquei chocada com a quantidade de filmes assistidos. Em dezembro também foram poucos filmes, e a verdade é que a vida anda corrida demais para filmes e estressante o suficiente para pedir coisas mais rápidas e leves. Assistimos a muitas séries nos últimos meses, e talvez seja uma boa ideia começar a falar mais sobre elas por aqui. O que acham? No meio tempo, sigo com a tradição e falo sobre os filmes que vi nas últimas semanas. Como vocês já viram pela imagem acima, foi um mês quase esquizofrênico. De um lado, filmes densos como Animais Noturnos e The Autopsy of Jane Doe. Do outro, comédias leves – rasas até, eu diria. E o veredito está aí embaixo, é só continuar lendo! Continuar lendo

Imperdíveis da Netflix #2: séries que você provavelmente não viu

idn-2

O imenso catálogo da Netflix possibilita uma infinidade de escolhas, das mais óbvias às mais esdrúxulas, mas, mais que isso, causa horas de indecisão e, acabamos, muitas vezes, levando mais tempo para escolher o que ver do que propriamente vendo algo. Para evitar isso, muitas vezes me rendo às recomendações que aparecem em destaque, na ocasião do lançamento de determinado filme ou série. E a vantagem do serviço de streaming ilimitado é justamente poder desistir do que se escolheu sem nenhum ônus – a não ser os minutos perdidos. Para evitar decepções, criei a série “Imperdíveis da Netflix”, que aparece hoje em sua segunda edição. Hoje, recomendarei cinco séries ótimas que se destacaram entre as últimas coisas que assisti nos últimos meses. E, o mais legal, você provavelmente não as conhece. É provável que tenha ouvido falar, mas conheço pouca gente que assistiu à maioria dessas séries e, como nos aproximamos do fim do ano, quando muita gente tira férias ou entra em recesso, nada como boas recomendações para aproveitar aqueles dias preguiçosos enterrado no sofá, não é mesmo? Aí vai. Prepare a pipoca e aproveite! Continuar lendo

Filmes do mês #21: maratona Harry Potter, terror coreano, a ficção científica do ano e a melhor comédia high school dos últimos tempos

fdm-21

Novembro foi um bom mês para os filmes, e dos catorze a que assisti, considerei apenas um ruim de doer. No cinema, vi a comentada ficção científica A Chegada e o relevante drama O Nascimento de uma Nação. Na Netflix, fiz bons achados, como a comédia high school DUFF: Você Conhece, Tem ou É. O Popcorn Time nos proporcionou o excelente terror coreano Invasão Zumbi e a mais nova animação da Pixar, Procurando Dory. E teve maratona Harry Potter, com os quatro últimos filmes da série, até então inéditos para mim. Pode acreditar.  Continuar lendo

Filmes do mês #20: animação para adultos, terror gore, documentário sobre crime e mais

fdm-20

Em outubro fiz a cobertura da Mostra (vocês podem ler minhas críticas aqui), e por isso não sobrou muito tempo para outros filmes. Foram nove filmes, dentre eles a animação escrachada e impiedosa Festa da Salsicha, o terror gore turco Baskin, o documentário da Netflix sobre a infame Amanda Knox, acusada e condenada por assassinato, o primeiro longa metragem de Tom Ford, Direito de Amar, um drama sobre um homem homossexual que lida com o preconceito nos anos 60, a revisão de uma comédia dramática de Alexander Payne – e um dos meus filmes favoritos -, Sideways e mais. Continuar lendo

Filmes do mês #19: o melhor e mais polêmico filme do ano, docs, nórdicos e mais

fdm-19

Esse mês aproveitei a deixa da estreia de Aquarius para reparar um erro inadmissível e assistir, pela primeira vez, O Som ao Redor. E foram os dois melhores filmes do mês. Mas também teve espaço para comédia despretensiosa, filme novo do Todd Solondz, documentário sobre o filme Cidade de Deus e drama dinamarquês do icônico Thomas Vinterberg, entre outros. Essa talvez seja a seleção mais eclética da história do blog, e eu espero que possa ajudá-los a fazer escolhas menos óbvias na próxima sessão. Bons filmes! Continuar lendo