Vídeo #14: vlog de férias – Carcassonne, bastidores, ceia de Ano Novo e retorno

E esse é o último vlog das nossas já saudosas férias de fim de ano. Mostramos um pouco da loucura que foi nosso último dia de 2016, quando filmamos as receitas do especial de verão, e nossa deliciosa ceia de Ano Novo. De quebra, uma receitinha de vitamina, trechos de uma partida de Carcassonne e muita conversa jogada fora! Continuar lendo

Anúncios

Vídeo #2: Sainte Marie, Overcooked e Descent

E não é que cumpri a promessa? O segundo vídeo do canal está no ar, exatamente uma semana depois do primeiro! Confesso que estou orgulhosa de mim – e espero que a assiduidade continue. Essa época do ano, é corrida, mesmo para quem, como eu, é meio avesso às festas de dezembro.

No vídeo, vocês vão me acompanhar em um fim de semana. No sábado, comemorei meu aniversário junto com minha irmã num dos meus restaurantes favoritos, o Sainte Marie. Provamos muita comida, e falo sobre cada prato no vídeo. Depois, eu e o Marcelo estreamos um jogo de vídeo game cooperativo chamado Overcooked, que se passa em uma cozinha de restaurante. A função dos jogadores é preparar toda a comida pedida sem deixar a cozinha pegar fogo. É bem divertido, e vocês vão perceber que não foi fácil!

No domingo, teve mais jogatina, dessa vez em cima da mesa, com o jogo de tabuleiro Descent, também cooperativo. A partida durou horas e horas, e teve pausa para comer hambúrguer e mac ‘n’ cheese do Fresto. Continuar lendo

Meu fim de semana #6: avenida Paulista, hambúrguer caseiro, boteco, jogo de tabuleiro e Modern Family

fds 6-10

Depois de três semanas intensas de Mostra, voltemos à programação normal. Muitos fins de semana se passaram desde o último postado aqui, e como tem muito para colocar em dia, decidi selecionar os mais legais e com mais conteúdo. E, para comemorar a volta da série, eis que estou inaugurando meu canal do YouTube que existe há anos e não tem conteúdo nenhum. Eu adoro acompanhar vlogs, e decidi testar o formato. A vergonha é grande e eu ainda não sou cara de pau a ponto de incluir as gentes que passam pela minha vida nos vídeos, por isso vocês não vão ouvir a minha voz e nem ter acesso a tudo o que fiz no fim de semana que, no caso, foi o feriadão de 12 de Outubro. Com o tempo, melhora. Espero.

Continuar lendo

Meu fim de semana #5: velhos amigos, novos amigos, boteco, churrasco e jogos de tabuleiro

IMG_1635-1

Há umas semanas atrás, pela primeira vez em muito tempo, tivemos pique de sair na sexta à noite. Era para encontrar amigos da época do colégio, que passei a ver com mais frequência nos últimos tempos, e escolhi um boteco perto de casa e perto do metrô, porque a galera vem de todos os cantos da cidade. Tenho feito esse exercício de redescobrir a cidade e descobrir mais o bairro e os arredores, e tem sido maravilhoso. Há uns meses, eu cogitava seriamente mudar de país, por vários motivos, um deles sendo o fato de não suportar mais morar em São Paulo, mas não me ver morando em nenhuma outra cidade brasileira. Eu almejava algo maior, mais organizado e mais civilizado. E por outros tantos motivos, passei a olhar mais para a cidade onde nasci e me criei, e que oferece tantas possibilidades que ficam em segundo plano quando a única coisa que conseguimos enxergar é o trânsito caótico, a eterna ameaça da violência urbana e a pressa.  Continuar lendo

Meu fim de semana #2: pastel, veterinário novo, Parque da Independência, jogo de tabuleiro e hambúrguer

meu fds 2-1

Como a audiência do primeiro post sobre o meu fim de semana foi boa, fiquei empolgada para fazer o segundo, na semana passada, mas acabei me esquecendo de fotografar várias coisas e deixei para esse fim de semana.

Nesse sábado, tínhamos marcado veterinário da Nina, às 11h, e por isso tivemos que acordar cedo para fazer a feira. Às 9h, 9h30, a feira ainda é tranquila. A barraca de pastel não está caótica, tem uma oferta imensa de produtos lindos, mas quase tudo é mais caro. Eu acho que vale mais a pena chegar um pouco antes da xepa, lá pelas 11h, quando ainda há uma oferta de bons produtos e muita coisa já está mais barata. Tem que contar um pouco com a sorte, no entanto, porque pode ser que você não encontre mais um produto específico, ou que a feira esteja muito lotada, por exemplo. Continuar lendo

Concept: o meu mais novo jogo de tabuleiro favorito

concept 1

Dos jogos que temos em casa, apenas um é mais casual: Munchkin Cthulu. A partida não é tão longa, é bem divertido e, apesar de estratégico, não tem tantas regras e condições quanto os outros (Arkhan Horror, Mansions of Madness e Bioshock Infinite). Uma de suas limitações, no entanto, é o fato de ser ideal para no máximo 5 jogadores. Faltava um jogo casual, rápido, divertido e que pudéssemos jogar em dois ou vários, e o Concept parecia ideal. Continuar lendo

Feriado dos board games e sobre Mansions of Madness

mansions 1

Nesse último feriado, fomos para o sítio para cumprir aquele ritual de almoços de Páscoa com a família. A tradição da família do Marcelo é mandar um belo bacalhau na sexta-feira e assar suntuosos pães recheados no sábado. O bacalhau da avó do Marcelo é perfeito: desmancha na boca, junto com as batatas, os pimentões e as cebolas e o azeite derramado generosamente. Os pães, que são assados em fornadas de respeito, são saboreados no dia e divididos no final do feriado.

Mas, como não se sobrevive apenas de comer, levamos três jogos de tabuleiro para animar o feriado. Minha irmã e meu cunhado nos acompanharam, o que foi ótimo para colocar a conversa em dia (eu e ela, quando nos encontramos, somos duas matracas com conversas infinitas) e preencher as vagas na mesa de jogos. Os jogos escolhidos foram os únicos jogos que temos (falei sobre a compra deles nesse post sobre a viagem para Orlando): Bioshock Infinite, Arkham Horror e Mansions of Madness. Continuar lendo