Diário da Mostra: Dia 11 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-11

No meu primeiro dia de repescagem, dei a sorte de poder assistir a dois filmes da Apresentação Especial. Priorizei, esse ano, filmes inéditos, e sofri um pouco em ter que excluir tantos filmes que não conhecia de Marco Bellocchio, Paul Verhoeven, William Friedkin e Jim Jarmush. Essa foi uma maneira gostosa de me redimir. Comecei o dia com A Hora da Religião do Bellocchio, e terminei com O Quarto Homem, de Verhoeven. Provavelmente não por coincidência, ambos tocam (mais ou menos) em religião e falta ou excesso de fé, o que eu achei bastante coerente e curioso.  Continuar lendo

Anúncios

Diário da Mostra: Dia 10 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-10

E o último dia da Mostra não poderia ser melhor. Comecei com o poderoso Estados Unidos pelo Amor, um drama polonês. O segundo filme do dia, The Fits, é um leve drama com ares de thriller interessantíssimo. E para fechar, o sensível drama tunisiano Hedi. E que venha a repescagem! Continuar lendo

Diário da Mostra: Dia 8 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-8

No meu oitavo dia de Mostra, um filme bom e dois filmes ruins. Comecei com o melhor filme do dia, o suspense Morte em Sarajevo, de Danis Tanovic, passei para o aguardado O Segredo da Câmara Escura, suspense de Kiyoshi Kurosawa, e terminei com o que foi, até agora, o pior filme da Mostra, o terror Symptom, de Angelos Frantzis.

Continuar lendo

Diário da Mostra: Dia 6 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-6

No meu sexto dia de Mostra, assisti a dois filmaços, ambos em cópia nacional o que sinaliza que seu lançamento no Brasil será em breve. Por isso, a não ser que você seja ansioso como eu, não precisa assistir na Mostra. Eu só acho que você deveria, de qualquer jeito, assistir o quanto antes a essas obras lindas. Só acho. O primeiro filme é o novo Hirokazu Koreeda, Depois da Tempestade. O segundo, é o novo Paul Verhoeven, concorrente francês a uma vaga no Oscar de filme estrangeiro, Elle.

Continuar lendo

Diário da Mostra: Dia 5 na 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

40-mostra-5

Meus dias preferidos na Mostra são aqueles que começam com filme bom e terminam com um filme melhor ainda. Hoje, foi um dia desses. Primeiro, assisti à co-produção Reino Unido e Japão Greater Things. Depois, veio o premiado Oscuro Animal. Para fechar o dia com chave de ouro, o drama espanhol Um Outono sem Berlim. Continuar lendo