6 maneiras de usar o verde na decoração

Sem Título-1

Talvez você não saiba, mas eu já trabalhei com Design de Interiores. Inclusive esse foi um dos cursos que cogitei estudar antes de optar por Cinema. Filha de arquiteta e engenheiro, cresci em meio a pranchetas, plantas, esquadros e grafite, na época em que ainda se fazia tudo a mão, e tanto gostava da área que, durante a faculdade, especializei-me em Cenografia e Direção de Arte, campo onde fui trabalhar depois de formada.

Falar sobre decoração no blog já era projeto fazia tempo, e de tanto pensar no assunto, acabei protelando por anos o que deveria ser uma escolha natural. Hoje decidi, finalmente, colocá-lo em prática, e vamos começar com um tema que me fascina: a escolha das cores de um ambiente. Continuar lendo

Anúncios

Meu fim de semana #2: pastel, veterinário novo, Parque da Independência, jogo de tabuleiro e hambúrguer

meu fds 2-1

Como a audiência do primeiro post sobre o meu fim de semana foi boa, fiquei empolgada para fazer o segundo, na semana passada, mas acabei me esquecendo de fotografar várias coisas e deixei para esse fim de semana.

Nesse sábado, tínhamos marcado veterinário da Nina, às 11h, e por isso tivemos que acordar cedo para fazer a feira. Às 9h, 9h30, a feira ainda é tranquila. A barraca de pastel não está caótica, tem uma oferta imensa de produtos lindos, mas quase tudo é mais caro. Eu acho que vale mais a pena chegar um pouco antes da xepa, lá pelas 11h, quando ainda há uma oferta de bons produtos e muita coisa já está mais barata. Tem que contar um pouco com a sorte, no entanto, porque pode ser que você não encontre mais um produto específico, ou que a feira esteja muito lotada, por exemplo. Continuar lendo

Meu fim de semana #1: pão na chapa, Divertida Mente, almoço sem pais, parque e banho na Nina

fds 2

Como se não bastassem as tarefas do dia a dia, nossos fins de semana também costumam ser cheios delas. E, apesar de corrido e cansativo, temos nos esforçado para otimizar nossas tarefas e separar um tempo para o tão necessário lazer. Por não sobrar tanto tempo quanto gostaríamos, procuramos tornar as tarefas mais agradáveis, divertidas. Nem sempre temos sucesso, mas eu achei que nesse último fim de semana conseguimos fazer tudo e ainda sobrou tempo pra um pouco de diversão! Compartilhar com vocês é até uma maneira de me incentivar a aproveitar melhor os fins de semana. Porque, no meu caso, quando bate a preguiça, geralmente acabo priorizando as tarefas em detrimento do lazer, o que não é nada legal pra minha saúde mental. Continuar lendo