Cardápio da semana #16: vegetariano, fácil e gostoso

CDS 16-1

Aqui em casa eu procuro cozinhar nas quantidades certas para não sobrar nada. Mas quando cozinho coisas com as quais não estou tão acostumada e erro no cálculo, congelo logo o que sobrou para reaproveitar em outra ocasião. Aí tem semana que eu aproveito para esvaziar o congelador, que além das proteínas da semana e da comida da Nina, armazena todas essas sobras que eu gosto de reutilizar para não desperdiçar nadica de nada, e acaba, por isso, lotando, de tempos em tempos. E é claro que eu tento fazer coincidir essa semana em épocas em que estou ocupada e não vou ter tanto tempo para cozinhar. Foi o que aconteceu na semana passada. Eu tinha: couscous marroquino, sete cereais, grão de bico e quinoa. Vejam como transformei essas sobras em comida para a semana inteira, em forma de pratos vegetarianos!

Todas as receitas rendem 8 porções

COUSCOUS MARROQUINO COM SHIITAKE +OVO FRITO + VAGEM SALTEADA + SALADA DE ACELGA

CDS 16-6

SALADA DE ACELGA

1 maço de acelga cortada em tiras fininhas

2 dentes de alho picados

1/3 xícara (chá) de vinagre de vinho branco (ou vinagre de arroz)

1/2 xícara (chá) de óleo vegetal (costumo usar o de canola)

Sal e pimenta do reino a gosto

Faça a salada primeiro. Ela pode ser feita com antecedência porque a acelga aguenta bem os temperos. Inclusive, quanto mais tempo ela fica marinando, melhor.

Misture bem o alho, o vinagre, o óleo, o sal e a pimenta. Jogue por cima da acelga e misture bem. Prove para ver se precisa acertar algo.

Essa salada será suficiente para a semana inteira!

COUSCOUS MARROQUINO

125g de coucous marroquino

1 bandeja (150g a 200g) de shiitake

2 colheres (sopa) de manteiga sem sal

Água quente o suficiente para hidratar o couscous (siga as indicações da embalagem)

1/2 maço de salsinha picada (despreze os talos maiores)

Sal e pimenta do reino a gosto

Derreta metade da manteiga em fogo alto e salteie o shiitake até que ele esteja macio. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto.

Coloque a outra metade da manteiga, o sal e a pimenta na água quente, misture e despeje sobre o couscous. Junte a salsinha. Feche o recipiente para o couscous hidratar por cerca de dez minutos, ou até que ele esteja macio.

Você pode usar caldo de legumes ou frango se tiver, mas só se for um caldo caseiro. Por favor, não use caldos industrializados, que têm sabor artificial e são lotados de porcarias que não fazem bem para a saúde. Dê preferência para a água se não tiver caldos caseiros.

Junte o shiitake ao couscous e mexa com uma colher para deixá-lo soltinho.

VAGEM SALTEADA

2 bandejas ou bacias (caso você compre na feira) de vagem macarrão (cerca de 600g)

1 cebola fatiadas em meia lua

2 dentes de alho picados

1 colher (sopa) de óleo vegetal ou azeite de oliva

Sal e pimenta do reino a gosto

Enquanto a água para fazer o couscous aquece, faça a vagem.

Depois de lavar bem as vagens e retirar os cabinhos, aqueça levemente o óleo em uma panela, murche a cebola e refogue o alho rapidamente. Junte as vagens, tempere com sal e pimenta e vá mexendo de vez em quando para não queimar. Quando as cebolas estiverem bem macias, diminua o fogo e tampe a panela. Deixe abafado por 5 a 10 minutos e mexa de vez em quando. O ponto certo é quando ela ainda está com um verde vivo e ainda tem certa crocância, mas não muita. Cozinhe tempo suficiente para que atinja o ponto que você prefere.

CDS 16-9

OVO FRITO

8 ovos caipiras

Óleo vegetal o suficiente para cobrir o fundo da frigideira

Sal e pimenta do reino a gosto

Há inúmeras formas de se fritar um ovo, mas eu acho essa a mais simples e eficaz. Enquanto a vagem termina de cozinhar, frite os ovos e deixe-os prontos para as próximas refeições. Para isso, será necessário deixá-lo levemente mal passado, ou você pode fritar somente quando for servir.

Aqueça levemente o óleo em uma frigideira, antiaderente, de preferência, para evitar acidentes. Coloque quantos ovos couberem, um a um, com cuidado para que as gemas não se rompam. O fogo deve estar médio. Não mexa no óleo, nem no ovo. Naturalmente, a clara cozinhará, a gema ficará mole e a borda ficará tostada. Retire os ovos fritos e escorra o excesso de óleo em papel toalha. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto.

SETE CEREAIS + GRÃO DE BICO + BERINJELA COM PIMENTA VERDE + SALADA DE ACELGA

CDS 16-5

GRÃO DE BICO

250g de grão de bico

2 xícaras (chá) de água para deixar de molho

2 xícaras (chá) de água para cozinhar

2 dentes de alho picados

1/2 cebola picada

1 colher (sopa) de óleo vegetal

1 folha de louro

Sal e pimenta do reino a gosto

Faço o grão de bico da mesma forma que faço o feijão. É preciso começar o preparo dele no dia anterior.

Lave o grão de bico e deixe de molho por no mínimo 12 horas.

Descarte a água do molho e leve o grão de bico e as outras 2 xícaras de água para a panela de pressão, junto com 1 dente de alho picado, 1/4 de cebola picada e o louro. Cozinhe por 10 minutos a partir da fervura, ou seja, conte o tempo a partir do momento em que começar a sair vapor pela válvula. Assim que atingir esse ponto, abaixe o fogo.

Apague o fogo depois dos 10 minutos e deixe o vapor sair naturalmente.

Refogue a cebola e o alho restantes em óleo e junte 1 concha de grão de bico cozido. Amasse esses grãos com uma colher para que o caldo engrosse. Junte o restante do grão de bico, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhando em fogo baixo, com a panela semi-tampada, até que ele esteja no ponto desejado.

CDS 16-7

SETE CEREAIS

1 xícara (chá) de sete cereais

2 1/2 xícaras (chá) de água

Sal a gosto

Enquanto o grão de bico cozinha, faça os sete cereais. Lave-os e leve ao fogo com a água e o sal em fogo alto e panela tampada. Assim que ferver, abaixe o fogo e deixe a panela semi-tampada, até que os grãos estejam cozidos, o que vai demorar cerca de 15 minutos.

BERINJELA COM PIMENTA VERDE

4 berinjelas cortadas em cubinhos

2 dentes de alho picados

1 colher (chá) de pimenta verde em conserva amassada

1 colher (sopa) de azeite de oliva

Sal a gosto

Enquanto os sete cereais cozinham, faça a berinjela.

Aqueça levemente o azeite em fogo alto, refogue o alho até dourar levemente, junte a berinjela, o sal e a pimenta amassada com as costas de uma faca. Mexa de vez em quando e cozinhe até que a berinjela tenha murchado um pouco. Ela ainda deve ter mantido seu formato.

CDS 16-8

QUINOA COM LEGUMES, COGUMELOS E CURRY + SALADA DE ACELGA

CDS 16-2

2 xícaras (chá) de quinoa bem lavada

4 xícaras (chá) de água

2 dentes de alho picados

2 cenouras raladas

300g de ervilha fresca ou congelada (não use a ervilha em conserva)

1 bandeja (150g a 200g) de shiitake

1 colher (sopa) de azeite de oliva

4 ovos caipiras

1 colher (sobremesa) de curry em pó

4 talos de cebolinha picada

Sal e pimenta do reino a gosto

Cozinhe a quinoa como arroz integral: leve a quinoa lavada em água e sal para o fogo alto, com a panela tampada. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe a panela semi-tampada. Assim que a água secar, a quinoa deverá estar pronta. Caso ainda não esteja macia, deixe abafado, com o fogo apagado, por mais alguns minutos, ou coloque mais água se for necessário.

CDS 16-4

Enquanto a quinoa cozinha, refogue o alho, a cenoura, a ervilha e o shiitake no azeite. Tempere com sal, pimenta e curry. Junte os ovos ligeiramente batidos e mexa bem. Acrescente a quinoa cozida e a cebolinha e misture.

CDS 16-3

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s