Café da manhã dos campeões #8: panquecas americanas

IMG_5269-1

Tem comida mais fotogênica e apelativa que uma pilha de panquecas bem alta? E o melhor é que as possibilidades de coberturas são infinitas, e vão muito além dos costumeiros manteiga e mel, um substituto brasileiro ao maple syrup, ou xarope de bordo. Se os dias de semana são corridos demais para desjejuns mais elaborados, os fins de semana são perfeitos para eu me aventurar na cozinha depois de pular da cama morta de fome. E nesse último fim de semana, meu desejo ainda antes de abrir os olhos era esse: panquecas gordas, muitas delas. Fiz duas versões: doces, com massa de cacau e canela e cobertura de bananas e mel e salgadas, com massa de queijo meia cura e cobertura de tomate tostado e ovo pochê. Com a receita básica é possível inventar outras adições, mas a panqueca simples já é uma delícia, eu garanto.

PANQUECAS AMERICANAS

Rendimento: 8 panquecas médias

1 ovo

1 xícara (chá) de leite

3 colheres (sopa) de manteiga derretida

1 xícara (chá) de farinha de trigo

2 colheres (chá) de fermento químico em pó

1 pitada de sal

2 colheres (sopa) de açúcar (para receitas doces)

Misture os líquidos, de preferência com um fuê: ovo, leite e manteiga. Acrescente os secos e continue batendo: farinha, fermento, sal e açúcar (no caso da receita ser doce).

Unte uma frigideira antiaderente com um pouco de óleo e coloque-a em fogo baixo.

Coloque um terço de concha de massa na frigideira. Quando começar a formar bolhinhas, com cuidado, use uma espátula para levantar a panqueca. Veja se ela está levemente dourada do outro lado. Se sim, vire-a. Se não, deixe mais alguns segundos. Assim que estiver levemente dourada do outro lado também, retire.

Para fazer a panqueca de cacau e canela com banana e mel, é só acrescentar 1 colher (sobremesa) de cacau em pó e 1 colher (chá) de canela em pó à massa. Você pode substituir o cacau em pó por chocolate em pó. Não recomendo usar achocolatado, mas se você só tiver essa opção, use o dobro de achocolatado e tire 1 colher (sopa) de açúcar da receita, já que o achocolatado já é adoçado. Depois de prontas, basta servir com uma banana cortada em rodelas e mel a gosto.

Para fazer a panqueca de queijo meia cura com tomate tostado e ovô pochê, é só acrescentar 1/2 xícara de queijo meia cura ralado no ralo grosso à massa. O queijo meia cura é o minas padrão. Não confunda com o minas frescal (o branco). Ele pode ser substituído por qualquer queijo que derreta bem, como muçarela, prato ou gruyere. O tomate deve ser cortado em rodelas e levado à frigideira antiaderente com azeite de oliva, sal e pimenta do reino, até que esteja tostadinho dos dois lados.

Para fazer o ovo pochê, basta aquecer água o suficiente para cobrir um ovo em uma panela, e assim que ela estiver com borbulhas leves, manter em fogo baixo para que não levante fervura alta, colocar 1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco ou maçã e colocar o ovo por exatamente três minutos. É importante que a água não ferva demais, e que o ovo esteja em temperatura ambiente.

Esse vídeo do Jamie Oliver demonstra três maneiras de fazer o ovo pochê. A que eu mais gosto é a segunda, com o redemoinho. Ele não recomenda o uso de vinagre, que ajuda a coagular a clara de ovo, mas eu uso porque acho que não deixa absolutamente nenhum gosto residual no ovo. Fica a seu critério. Se fazer um ovô pochê  for aventura demais para você, ele pode ser frito ou cozido com a gema mole. O importante é a gema mole, que faz as vezes de molho, como o mel faz nas doces.

Invente novas versões e compartilhe comigo!

IMG_5269-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s