Em busca do hambúrguer perfeito #2: Z Deli Sandwich Shop

z deli 1

Depois de quase um mês sem hambúrguer, decidi experimentar o resultado da cirurgia. Teoricamente, uma pessoa desvesiculada deveria ter mais dificuldade em digerir alimentos altamente gordurosos, mas como eu achava que meu organismo andava fazendo um bom trabalho até então, decidi voltar a uma das minhas comidas preferidas. E para tal, nada melhor que conhecer o cultuado Z Deli, que mesmo que não seja unanimidade, figura na maioria esmagadora das listas, rankings e top 10 de hamburguerias de São Paulo. E não é a toa, que fique claro.

Escolhemos um domingo, fim de tarde, naquele horário em que a maioria das pessoas já almoçou, mesmo aquelas que o fazem tarde nos domingos, e a outra parte ainda acha que está cedo para jantar. Como o lugar é pequeno (balcão, poucas mesas e mesinhas e bancos na calçada para quem não aguenta esperar) e não é possível reservar, a informação disseminada por aí é que sempre tem fila. E, apesar de serem cinco da tarde, tinha fila. Esperamos cerca de vinte minutos e sentamos no balcão, meu lugar favorito em restaurantes quando estou com apenas um acompanhante.

O salão é pequeno, mas aconchegante. Acho que se fosse maior, perderia o charme. A cozinha aberta possibilita a quem está no balcão assistir aos principais movimentos dos cozinheiros, o que torna a experiência muito mais divertida. Sentamos na lateral, bem em frente à preparação de drinks, e adoramos assistir ao processo de defumação de uma dose de Jack Daniel’s e a preparação caprichosa de um Negroni.

z deli 2

O atendimento é bastante casual e eficiente. Sem firulas, como manda o clima do lugar.

Como nem só de carne sobrevive uma hamburgueria, começamos com duas porções de fritas, uma de cada tipo, para decidir qual era a nossa favorita. O Marcelo foi de Z Deli Fries: batatas fritas com casca, alecrim e páprica, acompanhada de maionese da casa. Eu fui de Pastrami Fries: batatas fritas com casca cobertas de pastrami, queijo da casa e sour cream. As batatas tradicionais estavam sensacionais, super crocantes, sequinhas e saborosas, sem excesso de temperos. Certamente são as melhores batatas fritas que comi na vida.

z deli 3

As batatas com pastrami estavam indulgentes, exageradas, deliciosamente ricas. A cobertura de queijo, no entanto, torna as batatas murchas, e é um pouco redundante. Não nego que as batatas são gostosas, mas falta equilíbrio no prato. O sour cream faria bem o papel de elemento cremoso do prato, sozinho, porque ainda por cima dá um toque ácido que quebra a gordura do pastrami.

z deli 4

Tentamos escolher hambúrgueres diferentes, mas não conseguimos. Apesar de meus olhos terem brilhado ao ler burger e tutano na mesma linha do cardápio (Black Burger: burger, molho roti e tutano), achei prudente provar algo mais tradicional nessa primeira visita. E como o Marcelo tem certas restrições (e preferências) alimentares, não achei justo pedir que ele escolhesse outra coisa apenas pelo bem da avaliação. Fomos ambos de Cheese Bacon Barbecue (burger, cheddar inglês, Mississipi barbecue, cebola caramelizada e bacon da casa). O pão era brioche, macio e tostado por dentro (com manteiga, provavelmente). O burger estava no ponto solicitado (ao ponto, rosado) e saboroso. O molho barbecue, no entanto, predominava de maneira que eu não conseguia sentir os outros elementos de forma adequada. Não consegui sentir o sabor do cheddar, nem mesmo sua textura. Até o bacon ficou discreto, junto com as cebolas. Além disso, do conjunto resultava um fim excessivamente oleoso, que eu não soube identificar se vinha do brioche, da carne, do bacon, ou de tudo junto. Apesar dos problemas, no entanto, devo admitir que o hambúrguer é bastante bom, provavelmente um dos melhores que provei na vida. Imagino que outras pedidas do cardápio possam me agradar mais nas próximas visitas.

z deli 5

Como não podia deixar de ser, dividimos uma sobremesa: Devil’s Pie, uma torta de chocolate negro com calda de chocolate e sorvete que estava bem gostosa. A torta era bastante cremosa e rica, a calda era doce na medida e o sorvete foi servido na temperatura correta (derretia na boca rapidamente).

z deli 6

Não experimentamos bebidas alcoólicas, e por isso recebemos vergonhosos copos de plástico. Apesar de entender que a casa tenha pouco espaço e os copos de plástico agilizem imensamente o serviço, creio que esse método devesse ser abandonado imediatamente, não só porque é esquisito ver os drinks serem servidos em copos de vidro decentes e as bebidas não-alcoólicas, serem acompanhadas de copinhos descartáveis, mas porque em tempos de valorização da sustentabilidade, descartáveis são vilões a serem evitados.

Apesar de alguns pequenos problemas, a casa é um sucesso, com todo o mérito. Certamente retornarei e, para ser sincera, não vejo a hora de provar o Black Burger e o Pastrami (pão de cebola, peito de boi curado e defumado, coleslaw e queijo swiss). Até porque a conta de 65 reais por cabeça, com a quantidade exagerada de comida que pedimos, é algo que pagaríamos em hamburguerias (e restaurantes, e lanchonetes) muito inferiores.

Z DELI SANDWICH SHOP –  Rua Francisco Leitão, 16, Pinheiros – tel: (11) 2305-2200

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s